sexta-feira, 17 de maio de 2013

Retrato à lápis para pai e filho


Dizem que a parte, mais que o todo, em toda
ou em parte verossímeis e similares, são fatos
completos que explicam a essência de tudo:
Pai e filho; filho e pai, num total complexo,
Os olhos iguais, as pernas longilíneas,
A transferência de sonhos, de sangue, e os genes;
A semente que cresce a nova árvore,
O novo tempo, o novo albor
Tem exatamente aquilo que herda:
Aventura, desejos, potência e vida...
Vai Cauê, crescer um Leandro Marcelo
Vai Leandro,
Vai Marcelo brotar um Cauê di ti.
Vão, presentes amores, inundar o mundo.
Vão em maio, fecundar a vida.
Pesquisar a noite
Flamejar a vida.

Cálice sem fim
Leandro Tavares - Baerdal

Will e Louisa, como eu sou depois de vocês.

Olha o sonho de estradas esquisitas, a maturação do que é solidez e a continua ausência de quem partiu dos nossos braços. Tem que fic...