quinta-feira, 10 de março de 2011

Vive a poesia em mim...


Mas não anseia sair.
São Sete notas no peito, e um SE mais agudo
do lado esquerdo.
Uma estrada,
na contra mão
não transito.
Aqui, a duras penas sou apenas mais um Chico.

LEANDRO TAVARES - BAERDAL
Cálice sem fim

Um comentário:

Will e Louisa, como eu sou depois de vocês.

Olha o sonho de estradas esquisitas, a maturação do que é solidez e a continua ausência de quem partiu dos nossos braços. Tem que fic...