quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Minha saudade tem nome e endereço


E sentado estava eu

Estático pensando em ti.

Na rua de infinito jardim

Endereçando alguns versos em uma só direção

Doce a brisa

Sorria o tempo todo

Em infinitos números em celsius

Em gênero chamado saudade.

Na 42 05 eu me encontrava.


LEANDRO TAVARES - Baerdal

Cálice sem fim

3 comentários:

  1. Menino, este endereço existe?
    Parece com a casa dos sonhos,
    suspensa em arvores
    que resiste a tenpestade!
    Linda esta tua maneira de expressar!

    ResponderExcluir
  2. Esse endereço existe sim Mariane, agora infelizmente não resistiu a tempestade, vai ficar nos meus sonhos todos os dias e com minhas poesias suspensa na árvore que brota o fruto chamado AMOR.

    ResponderExcluir
  3. Se esse endereço existe, não deixe que ele se perca do seu caminho.

    Abraço!

    ResponderExcluir

Will e Louisa, como eu sou depois de vocês.

Olha o sonho de estradas esquisitas, a maturação do que é solidez e a continua ausência de quem partiu dos nossos braços. Tem que fic...